#qualcasa?

#qualcasa?

Partilha esta noticia/ share this article:

Há 15 anos que o defendemos, mas hoje, mais do que nunca, todos percebemos que a saúde é um direito coletivo, e claro, as pessoas em situação vulnerável podem ser veículos de transmissão.

As nossas Equipas de Rua em Setúbal e Gaia adaptaram a sua atuação, mas não podiam deixar de prestar os serviços a esta população, que nestas alturas, se torna ainda mais fragilizada.

As saídas de rua continuam a acontecer para garantir as tomas medicamentosas e a troca de material de redução de riscos, acrescentando a disseminação de informação sobre o vírus e cuidados a ter para evitar uma infeção por COVID-19.

Este é um momento de muita ansiedade para todos, os que podem ficar em casa, e os que não podem, porque não a têm ou porque não vão abandonar os que não têm.